sexta-feira, 28 de agosto de 2020

Hermeto solicita promoção para PMs que faleceram em decorrência da Covid-19


Além da promoção post mortem, Hermeto solicitou que estes policiais recebam status de herói

O deputado distrital Hermeto (MDB) enviou na tarde desta quarta-feira (26), um Ofício ao Comando Geral da Polícia Militar do Distrito Federal solicitando que seja cumprido o direito à promoção post mortem aos policiais militares do Distrito Federal que faleceram em decorrência da Covid-19.

A chamada promoção post mortem é aquela que visa a expressar o reconhecimento ao policial militar morto no cumprimento do dever ou em consequência disto, e está prevista na Lei n° 12.086 nos artigos 10 e 73.

A Polícia Militar do DF informou que até esta quinta-feira, 27 de agosto, foram confirmados 1.199 casos, 9 óbitos, 1034 recuperados e 156 afastados. Se atendido o pedido do parlamentar 9 policiais militares serão promovidos, e suas famílias receberão o benefício.

“Estes policiais que faleceram em decorrência do Corona vírus, têm seu direito garantido à promoção post mortem, só peço que seja cumprido esse direito. E o status de herói é uma singela homenagem a esses profissionais que arriscam suas vidas todos os dias para salvar a população. ” Concluiu Hermeto, autor do projeto.

As mesmas práticas de promoção post mortem e status de herói já estão sendo aplicados em outros estados como São Paulo. De acordo com o comando da corporação paulista, todos os PMs vitimados pelo vírus terão mesmo tratamento, promoção e status de herói, quando houver indícios de que a contaminação ocorreu no exercício da função policial-militar. O que é investigado em sindicância interna. Até agora, 16 policiais morreram da doença e dois, os primeiros policiais que faleceram de Covid-19 em São Paulo, já foram contemplados.

Por Larissa do Vale.


 

Atacarejo de Ceilândia completa um ano de operações no Sol Nascente

Loja do Sol Nascente tem ofertas especiais para celebrar a data

 

O tempo voou e a loja do Fort Atacadista Sol Nascente completa hoje, 28 de agosto, um ano de operações. Levando ao cliente ofertas e produtos de qualidade a unidade, das três do Distrito Federal vive momentos de crescimento exponencial e reserva surpresas gostosas para os clientes.



Quem passar pela loja nesta data festiva, vai ser recebido não somente com ofertas, descontos e produtos diferenciados, mas também com mimos e brindes exclusivos. Para que o cliente possa se organizar de forma mais cômoda e prática, as ofertas estão disponíveis no site da rede (www.fortatacadista.com.br). A coordenadora de marketing regional, Rafaellen Duarte, comenta que comemorar uma data especial com os clientes é também uma forma de agradecê-los pelo tempo de prestígio e confiança na loja. “Durante todo esse período, nosso ideal sempre foi oferecer uma variedade cada vez mais diversa em produtos e serviços, com preços que caibam no bolso do consumidor, seguindo as tendências do mercado de atacarejos”, enfatiza.

 


Diferencial – Um diferencial da loja para a região é o Açougue Carne Fresca, inédito ainda nas outras duas unidades do Fort Atacadista no Distrito Federal, e que traz mais praticidade aos moradores e comerciantes locais que buscam opções de cortes de carnes fracionadas e em bandejas, em um expositor moderno e diferenciado. Em formato ‘aquário’, ele permite ao cliente acompanhar com mais transparência o trabalho dos açougueiros e comercializa mais de 40 cortes de carnes nobres e frescas (não maturadas) em porções fracionadas.


Em tempos de pandemia, a loja conta com toda a estrutura para receber os clientes em segurança, respeitando as orientações dos órgãos de saúde para prevenir a proliferação do vírus. Entre as medidas estão a disponibilização de álcool em gel e uma pia com água e sabão para a higienização das mãos, limitação da entrada nas lojas, monitoramento das filas, orientação das pessoas para que mantenham uma distância de um a dois metros das outras e uso obrigatório de máscaras. Os carrinhos e as cestas estão sendo desinfetados com frequência, assim como bancos, cadeiras, máquinas de cartão de crédito, telefones, telas, balcões de atendimento e todos os pontos de contato.



A rede Fort Atacadista possui três lojas no Distrito Federal, que atendem na modalidade atacarejo, fundamentadas em uma operação enxuta e na negociação de grandes volumes com fabricantes nacionais. Apresenta um mix de produtos com preços competitivos, garantindo mais economia para o consumidor – sejam clientes profissionais do mercado de alimentação (como donos de restaurantes, bares, lanchonetes e mercados) como também os consumidores finais.

 

A unidade Sol Nascente fica localizada na Sol Nascente | DF | Quadra QNP 27 Área Especial 01 S/N. Os horários de atendimento são: de segunda a sábado, das 7h às 22h, e aos domingos, das 7h às 20h.


quinta-feira, 27 de agosto de 2020

Lei obriga escolas públicas e privadas do DF a comunicarem aos pais entrada e saída de alunos


A Lei é e autoria do deputado Hermeto e entra em vigor em 2021.

A Câmara Legislativa do Distrito Federal promulgou uma lei que obriga as escolas públicas e privadas de educação básica do DF a comunicarem aos pais ou responsáveis a entrada e saída dos alunos, por meio de ferramentas online. A medida foi publicada no Diário Oficial do DF desta quarta-feira (26).

A Lei é de autoria do deputado distrital Hermeto e entrará em vigor em 2021. Segundo o texto, as instituições deverão implantar, gradativamente, mecanismos de acesso eletrônico para controle de frequência dos alunos até 2021, quando a lei entra em vigor. A norma dá prazo de três anos para que as instituições de ensino implementem o sistema.



Segundo o auto do projeto é muito importante que os pais tenham controle do acesso dos filhos nas escolas, é um forma de garantir sua segurança e desenvolvimento.

 “Os pais devem saber se os filhos estão mesmo dentro das escolas, para que fiquem mais tranquilos quanto à segurança e aprendizado dos alunos. Muitas vezes os alunos vão sozinhos para a escola, isso evitará desvios e principalmente comunicar em tempo real um possível desaparecimento.” Conclui o parlamentar.

Ficam desobrigadas das novas regras:

As escolas em que o projeto político-pedagógico não seja compatível com a medida;

As instituições que possuam condições de segurança que dispensam a implantação do controle de acesso e de frequência;

As escolas em que os alunos necessariamente entrem acompanhados dos pais ou responsáveis.


 

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Centro de Ensino Médio da candangolândia constrói Dojô com verba destinado por Hermeto


O Dojô é um local feito para prática de artes maciais e beneficiará toda a comunidade

 

O deputado distrital Hermeto(MDB) destinou verba para todas as escolas do Núcleo Bandeirante e Candangolândia. Cada escola recebeu, este ano, o valor de 50 mil reais para serem usados na manutenção e aprimoramento das suas dependências.

 

O Centro de Ensino Médio Júlia Kubitscheck utilizou o valor da verba destinada para a construção de um dojô, que é o local onde se treinam artes marciais japonesas. Para os praticantes o local é muito mais do que uma simples área, o dojô deve ser respeitado como se fosse a casa dos praticantes.

 

Amplo e arejado o Dojô fica ao lado quadra de esportes da escola. O diretor da escola Heli Mendes afirmou que as aulas de lutas marciais serão destinadas a alunos e a comunidade em geral. “Assim que voltarmos ao normal, iremos montar turmas de alunos da escola, mas abriremos algumas turmas para a comunidade também. ”

 

Segundo o distrital Hermeto, a escola é um patrimônio da Candangolândia “Parabéns à direção e coordenação do ‘Júlia’, é uma escola modelo, agora está ainda mais completa. A prática de esportes é muito importante para os jovens, não só para a questão física, mas para a mental também, além de ensinar muito sobre respeito e disciplina.” Completou Hermeto.

 

Por Larissa do Vale.


 

quinta-feira, 20 de agosto de 2020

Hermeto destina 1 milhão para a construção de viaduto no balão do Riacho Fundo I


Cerca de 40 mil veículos transitam por esta via todos os dias, que fica totalmente engarrafada nos horários de pico

 

O deputado distrital Hermeto (MDB) destinou 1 milhão de reais para a construção de um viaduto que substituirá o balão que dá acesso ao Riacho Fundo I, na EPNB.  

A via dá acesso a grandes regiões administrativas como o Riacho Fundo II, Samambaia e Recando das Emas. No local passam mais de 40 mil veículos todos os dias, deixando os motoristas que transitam por lá presos em um longo engarrafamento nos horários de pico.

A moradora do Riacho Fundo I Andreia relata que, além do engarrafamento, o balão é muito perigoso e já causou inúmeros acidentes “ A construção deste viaduto é necessária, com certeza, no horário de pico é um perigo. ” Afirmou.

A administradora do Riacho Fundo I Ana Lúcia Melo foi ao gabinete do deputado Hermeto agradecer a destinação de emendas. Além da construção do viaduto, outros 300 mil reais foram destinados para a troca de lâmpadas comuns por lâmpadas de LED, na via que passa em frente ao Corpo de Bombeiros da Região Administrativa.

“Lâmpadas de LED, além de muito econômicas, trazem mais segurança para a comunidade pois têm uma intensidade maior de luz, a noite vai virar dia no Riacho Fundo I. ” Afirmou Hermeto.

“ Venho aqui agradecer ao deputado Hermeto, que tem ajudado a nossa cidade colocando essas emendas para atender ao pedido da população do Riacho Fundo. Estamos juntos trabalhando por um Riacho melhor. “ Concluiu a administradora Ana Lúcia.

 

Por Larissa do Vale.

 

terça-feira, 18 de agosto de 2020

Hermeto volta a acionar Judiciário para garantir votação do Refis 2020 em segundo turno


O deputado governista Hermeto (MDB) entrou com um Mandado de Segurança Cível (MS) junto ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) para que a votação do Programa de Refinanciamento da Dívida (Refis 2020), elaborado pela equipe econômica do Buriti por mais de um ano e reprovada pela Câmara Legislativa (CLDF) em junho, seja anulada.

O governador Ibaneis Rocha, de mesmo partido do distrital, já havia provocado o Judiciário local sobre o mesmo assunto, mas o TJDFT entendeu que o chefe do Executivo “não teria legitimidade” para protocolar a ação e que caberia a um parlamentar a entrar contra a votação.

O processo nº 0730273-5120208070000 foi distribuído ao gabinete do desembargador Alceu Machado ao final do expediente Judiciário nesta segunda-feira (17) e, por se tratar de um Mandado de Segurança, deve ter um trâmite rápido.

Segundo o gabinete parlamentar, Hermeto, atual vice-líder do governo, “entende que o Refis poderá garantir ao Governo do Distrito Federal (GDF) uma recuperação financeira acima de R$ 300 milhões”, além de dar condições para que os empresários locais tenham tempo para “arcar com seus compromissos e superarem a crise provocada pela Covid-19”.

Polêmica

O projeto do Refis 2020, tido como prioritário pelo Buriti, chegou a ser alvo de embates após ser enviado ao Legislativo local. Após integrantes do chamado Centrão protocolarem dezenas de emendas ao Projeto de Lei Complementar (PLC 40/2020), o governador disparou uma série de críticas públicas ao bloco, elevando a tensão na Casa legislativa. Após a disputa, o programa, considerado ambicioso por integrantes do próprio governo, foi rejeitado pela Câmara.

Refis 2020

O Refis elaborado pelo Buriti tinha a intenção de “ajustar” as contas públicas, além de dar mais liquidez ao GDF para que obras públicas e outros projetos pudessem ser concluídos ainda no atual mandato. Mas com a pandemia do novo coronavírus, o projeto passou a ter uma relevância ainda maior para o Executivo, já que a previsão de arrecadação com a medida, segundo informações dadas por integrantes da Secretaria de Economia, era de aproximadamente meio bilhão de reais.

O conteúdo do texto, no entanto, chegou a ser trazido à público pela primeira vez pela coluna Do Alto da Torre, veiculado pelo Jornal de Brasília, que explicou sete meses antes de o PLC chegar à Câmara local, que o governo pretendia “dar até 50% de redução no principal da dívida, ou seja, a dívida real contraída”.

Os descontos do Refis 2020, considerado “agressivo” pelo governo, também abrangiam os juros e as multas impostas ao longo dos anos, com uma redução de até 95% dos valores impostos. Vale ressaltar que o projeto era considerado de “grande importância” por vários setores do empresariado local.

 

sábado, 15 de agosto de 2020

Hermeto evita instalação de Unidade de Internação na Metropolitana

 Hermeto sai em defesa dos moradores e consegue evitar que Unidade de Internação seja instalada na Metropolitana


O deputado distrital Hermeto saiu em defesa da população da Metropolitana, no Núcleo Bandeirante, para evitar que fosse instalada uma Unidade de Internação de menor infrator na região.

Os moradores, revoltados, externaram seu descontentamento com a possibilidade de se instalar uma unidade desse tipo no local.

“Estou junto com a comunidade da Metropolitana. Queremos que essa casa de menor infrator vá para outra região e não numa cidade de pioneiros, uma cidade tão pacata. Como policial sei do que esses menores são capazes. Eles não têm dó de ninguém”, disse Hermeto.

Luciano, professor, morador da Metropolitana, afirmou que toda a população é contra a instalação dessa Unidade de Internação. “A população instalou faixas demonstrando sua indignação”, afirmou.

No último sábado (15), Hermeto entrevistou a secretaria de justiça e cidadania Marcela Passamani, durante o Programa Pinga Fogo, na rádio Atividade FM e teve a garantia de que o governo não irá mais instalar a Unidade na Metropolitana.

A secretária de justiça e cidadania Marcela Passamani afirmou, no ar, ao vivo, que após uma conversa com o deputado Hermeto foi decidido que a Unidade não será mais instalada na região. “Nós vamos procurar outro local para instalar essa Unidade de Internação”, finaliza.

Para Maria José, moradora da Metropolitana, essa é a importância de se ter um parlamentar morador da região, que sente a dor dos moradores e principalmente, age em defesa de sua comunidade.

 


terça-feira, 11 de agosto de 2020

Hermeto destina verba para a aquisição de aparelhos para a nova academia no 13° Batalhão da PMDF


Localizado em Sobradinho, o batalhão cedeu um espaço e irá atender cerca de 600 policiais militares

O condicionamento físico dos policiais militares é muito importante para o desenvolvimento das suas atribuições, agora a área norte do Distrito Federal poderá contar com uma academia nova e bem equipada.

O 13° Batalhão da PMDF, localizado em Sobradinho, cedeu um espaço para a construção da academia, e o deputado distrital Hermeto (MDB) destinou uma verba no valor de 80 mil reais para a compra de aparelhos de ginástica.

“Estamos muito felizes com a construção desta academia, atualmente temos que frequentar academias particulares, ou fazer exercícios por conta própria como caminhadas e corridas. E nosso condicionamento físico é muito importante para o desenvolvimento das nossas funções.”

A academia irá atender diretamente 270 policiais, lotados no 13° Batalhão de Sobradinho, além de receber também cerca de outros 400, que estão lotados em Planaltina, mas que residem em Sobradinho.

“Ter uma academia dentro do Batalhão é muito importante para incentivar o preparo físico dos policiais, além de poupar investimentos em academias particulares. E no ano que vem irei destinar verba para a construção de um estande de tiro para a PMDF, que também é um prepara necessário para um PM.” Concluiu Hermeto.

 

quinta-feira, 6 de agosto de 2020

Revitalização do estacionamento da 3ª Avenida do Núcleo Bandeirante


quarta-feira, 5 de agosto de 2020

Hermeto solicita esclarecimentos à PMDF quanto à saúde da tropa



”Chegaram ao meu conhecimento várias reclamações, temos que tomar alguma atitude!” Hermeto

Nesta terça feira (04) o deputado distrital Hermeto enviou um ofício ao Departamento de Saúde e Assistência de Pessoal (DSAP) da Polícia a Militar solicitando alguns esclarecimentos quando a área da saúde na Corporação.

“Chegou ao conhecimento deste parlamentar diversas reclamações aos atendimentos prestados a policiais militares ativos, inativos, pensionistas e seus dependentes” afirmou Hermeto.

No ofício o parlamentar ressaltou que a saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para a promoção, proteção e recuperação. O Direito à saúde é parte de um conjunto de direitos chamados de direitos sociais, que têm como inspiração o valor da igualdade entre as pessoas.

Diante disso Hermeto fez sua solicitação visando entender melhor a situação em que se encontra o sistema de saúde da PMDF.

O que foi solicitado?

a) A citação do Ordenador de Despesas do Departamento de Saúde e Assistência ao Pessoal da PMDF, na pessoa do Senhor Coronel QOPM REGINALDO ALVINO DOS SANTOS, para, enviar cópias em documento físico ou eletrônico (digitalizado) de todos os contratos em vigor e seus aditivos, efetivados pelo DSAP e suas Diretorias subordinadas;

b) Relação do estoque de dívidas dos exercícios anteriores a sua assistência à saúde, bem como prazos definidos e demais condições para sua quitação;

c) Se há o registro contábil, de todas as dívidas referentes aos exercícios anteriores ainda não contabilizadas, contraídas para fins de assistência à saúde, em conformidade com a Lei de Responsabilidade Fiscal, art. 50, inciso II, e a orientação do Tesouro Nacional quanto ao reconhecimento de passivos no SIAFI;

d) Quantitativo de Médicos, Enfermeiros, Técnicos e Auxiliares de Enfermagem, bem como policiais militares combatentes, existentes nos quadros efetivos na área de saúde da PMDF, subordinados ao Departamento de Saúde e Assistência ao Pessoal da PMDF. Atenciosamente, HERMETO Deputado Distrital -MDB/DF Ao Chefe CORONEL QOPM REGINA LDO A LVINO DOS SANTOS Departamento de Saúde e Assistência de Pessoal – DSAP/PMDF Documento assinado eletronicamente por JOAO HERMETO DE OLIVEIRA NETO.

Por Larissa do Vale.


terça-feira, 4 de agosto de 2020

Centro de Ensino Infantil da Candangolândia reinaugura cozinha totalmente reformada



Nesta segunda feira (03) foi a reinauguração do espaço onde fica a cozinha do Centro de Ensino Infantil da Candangolândia (CEIC), o local foi totalmente revitalizado através da destinação de emenda do deputado distrital Hermeto (MDB), no valor de 50 mil reais.

Por conta do isolamento social a inauguração contou apenas com os gestores da escola e o deputado Hermeto que se emocionou com o vídeo preparado pela escola como agradecimento à verba destinada que possibilitou a realização da reforma. No vídeo alunos pais, professores e funcionários agradeceram a ação.

Na cozinha foram trocados os azulejos, a bancada de mármore, os armários antes antigos foram substituídos por marcenaria feita sobre medida com estantes de vidro. A sala que serve de copa e espaço para os professores guardarem seus pertences também foi reformada e agora está mais adequada às necessidades dos servidores. E o depósito de alimentos teve um aumento no espaço e recebeu prateleiras novas, melhorando a organização e disposição dos alimentos.

Cozinha CEIC

“Antes a copa não tinha nenhuma pia para os professores lavarem seus alimentos ou marmitas, muitos optavam por não comer no local por falta de estrutura adequada. O local agora está mais agradável tanto para os alunos quanto para os professores. ” Afirmou a diretora da Escola Maria Rosa.

Além dos itens citados acima o portão do refeitório também foi reformado pois estava muito deteriorado desde a última enchente.

 

Em 2019 Hermeto destinou também 50 mil reais que foram utilizados para reformar e revitalizar o refeitório, local onde as crianças fazem suas refeições. Agora a área de alimentação está completamente reformada e aguarda a volta das aulas.

“Tenho muito a agradecer o carinho e a dedicação tanto da diretora Regional Ana Maria, quanto das diretoras da CEIC, tudo o que fazemos é uma ação conjunta. Ver o lindo trabalho que foi realizado com a emenda é emocionante, dá gosto de ver! ” Completou Hermeto.


segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Deputado Hermeto solicita à PMDF o chamamento de músicos aprovados no concurso



O pedido visa ocupar as vagas dos aprovados que já estão realizando o Curso de Formação no CBMDF

Muitos candidatos deste concurso em andamento na Polícia Militar Distrito Federal (PMDF), atingiram seus objetivos em duplicidade, tanto para o quadro de combatentes, quanto para o de músicos. Acontece que alguns já estão participando do Curso de Formação de Praças (CFP) da turma “C” em andamento no Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) e, outros convocados para turma “D” do CBMDF, que foi suspenso.

                Sabe-se que é grande a defasagem de efetivo na Banda de Música da PMDF ocorrida pela falta de concurso público nos últimos dezesseis anos para seu quadro e, por conta disso o Deputado Hermeto realizou consulta e solicitou que:

“a) Optando pela condição de iniciar o curso de formação como combatente na PMDF ou no CBMDF, SOLICITO que o comando da Corporação convoque a sequência de aprovados no certame (músicos e corneteiros) para o preenchimento das 24 (vinte e quatro) previstas no Edital nº. 22/DGP -PMDF, de 24 de janeiro de 2018;

b) SOLICITO, a publicação de novo edital para o preenchimento dos claros existentes nos quadros de músicos e corneteiros, tendo em vista que fora confeccionado para suprir a necessidade do efetivo da banda de música daquela época, está defasado, pois o almanaque (relação de praças policiais militares, atualizado em 30/06/2020) nos determina que tenhamos em seu efetivo de Praças Policiais Militares Especialistas Músicos – QPMP-4 (09 claros para SD) e, para Corneteiros – QPMP-7 (24 claros para SD).”

 A consulta foi feita ao Comando Geral da Corporação que assim esclareceu:

                “Informo a Vossa Excelência que se encontra no planejamento do Departamento de Gestão de Pessoal da Corporação a publicação de outros editais objetivando o completamento das vagas disponibilizadas pelo DEC, para que tenhamos o Curso de Formação ocupado em sua capacidade máxima de 500 (quinhentos) alunos, sendo 475 Combatentes e 24 + 1 (sub judice) Músicos/Corneteiros.

                Portanto, caso este primeiro chamamento realizado por meio dos Editais 98, 99 e 100 não complete os números acima declarados, em virtude de faltas, eliminações e desistências, novos editais serão publicados até a data limite de início do curso, chamando os demais aprovados, conforme ordem de classificação, até que se atinja o número de 500 (quinhentos) alunos.

                Desta forma, o pleito do ilustre Deputado já está contemplado no planejamento da Corporação.

                Sem mais para o momento, renovo os protestos de elevada estima e distinta consideração.

Atenciosamente,

JULIAN ROCHA PONTES – CEL QOPM”

Por Larissa do Vale