segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Mais 208 novos ônibus começam a circular no DF

Cruzeiro, Candangolândia, Santa Maria, São Sebastião e Plano Piloto serão as regiões beneficiadas; coletivos atenderão diariamente cerca de 60 mil pessoas
 Mais 208 ônibus novos irão circular a partir deste fim de semana no Cruzeiro, Candangolândia, Santa Maria, São Sebastião e Plano Piloto, para atender, diariamente, cerca de 60 mil pessoas. A entrega simbólica dos coletivos foi realizada neste sábado (7), no Terminal Rodoviário do Cruzeiro.
Do total de veículos da nova frota, 29 são da empresa Piracicabana e já operavam desde sexta-feira (6) no Plano Piloto. Os 179 coletivos restantes entrarão em operação no domingo (8), serão monitorados por GPS, além de terem monitores de TV, ar condicionado, entre outros benefícios.
"O cronograma de entregas continua de forma extremamente intensa agora no período de dezembro. Já são 208 ônibus somente nesse fim de semana, e vamos continuar as entregas ao longo desse mês para aumentar a renovação da frota", afirmou o governador Agnelo Queiroz, acompanhado do vice-governador, Tadeu Filippelli.
Com essa entrega, sobe para 793 o número de coletivos novos em circulação no Distrito Federal. Todos possibilitam a integração e proporcionam à população maior comodidade e economia com gastos de passagens, pois é possível fazer mais de uma viagem no mesmo sentido, em até 2h, e pagar apenas uma tarifa.
Para o rodoviário João Pereira Guimarães, a vinda dos novos coletivos melhorará as condições de trabalho. "Antes os ônibus não estavam em sua melhor condição, e muita gente reclamava que quebrava o tempo todo. Agora que estão novos, todo mundo ganha, nós e a população", comentou.
Ao todo, serão 74 coletivos na Santa Maria, 46 em São Sebastião, 7 na Candangolândia, 29 no Plano Piloto e 52 no Cruzeiro – esse último terá, com isso, sua frota totalmente renovada.
Os ônibus que circularão nas cidades são das empresas Piracicabana e Viação Pioneira, e substituirão os coletivos da Viplan e Condor no sistema de transporte público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário