sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Paulinho Serra em Pedaços em cartaz

Em novembro, nos dias 2 e 3, sábado e domingo, o Brasil 21 Cultural abre as portas para mais um projeto cênico de humor, com 1h de duração, o show de humor que retrata pedaços da vida do ator, possui texto de Stand-up, traz um dos personagens mais marcantes da vida do ator, o “Traficante Gay”, além de apresentar outros papéis de sua autoria e cenas de muito improviso.



Paulinho Serra em Pedaços, um espetáculo digno de quem apresentou à mídia nomes como Eduardo Sterblitch, Tata Wernewck, Miá Mello, Rodrigo Capella, Marcelo Marrom, entre outros. Hoje cada um segue sua trilha, mas com o “jeito deznecessários” de ser, comenta Paulinho sobre a identidade forte que levam os atores que fizeram parte da cia de humor.

Paulinho Serra não é um comediante, ele se classifica como um ator que faz humor. Segundo ele, o riso eleva a alma do ser humano e é trazendo a risada para o público que ele consegue conquistar fãs em todo lugar que passa. A primeira peça profissional do ator foi a “Revolta dos Perus”. Após atuar em outras peças em solo carioca, entrou para o elenco de "aluga-se um namorado' ao lado de Eri Johnson, que em turnê nacional lotou teatros do Brasil inteiro. Depois do sucesso, Paulinho montou a extinta cia de humor DEZNECESSÁRIOS enquanto, em paralelo, atuava na novela da Globo “Duas Caras”. Passou pelo programa Pânico na TV, teve participações nas novelas “Pé na Jaca”, “Beleza Pura”, atuou no longa-metragem “Os Normais 2” de Fernanda Young e Alexandre Machado, junto com Fernanda Torres e Luiz Fernando Guimarães.

Hoje Paulinho está em turnê pelo Brasil com o solo “Paulinho Serra em Pedaços’’. Na tv, a frente do programa “Famoso Quem?” no SBT.

Paulinho já atuou nos palcos, na TV e no cinema, porém, como ele mesmo diz: “Ainda estou engatinhando, tenho muito a aprender e a fazer. Quero fazer coisas novas e em veículos novos, mas o palco é para o resto da vida”.

Sinopse:

Paulinho Serra em Pedaços é um espetáculo autoral. Apresenta como fio condutor um texto de Stand-up que leva o ator a encenar alguns personagens, como o mais marcantes da sua vida, o “Traficante Gay”. Com 1h de duração, o apresentador do SBT cita fatos que aconteceram durante sua vida, com humor inteligente e muito talento. O espetáculo apresenta ao público a versatilidade do ator que entra em cena com diferentes personagens e também de “cara limpa”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário