segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Metade das ambulâncias do Corpo de Bombeiros do DF está fora de operação

Do total de 40 carros da corporação, 14 estão em manutenção e seis estão batidos. De acordo com os bombeiros, as ambulâncias paradas fazem parte da frota reserva


Bombeiros socorrendo vítima após atropelamento (Monique Renne/CB/D.A Press)
Bombeiros socorrendo vítima após atropelamento

O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) tem metade das ambulâncias fora de operação. Segundo a corporação, dos 40 carros disponíveis, 14 estão em manutenção e seis estão batidos.

De acordo com o major Eduardo Luiz Gomes, assessor de imprensa do CBMDF, a maior parte das ambulâncias fazem parte da frota reserva e não estariam rodando mesmo que estivessem disponíveis. "Atualmente precisamos de 23 ambulâncias para atender todo DF de forma satisfatória, logo, nosso déficit é de três ambulâncias", explicou o major.

O militar ainda informou que até o fim do ano o CBMDF deve receber 30 ambulâncias novas. "Elas já foram compradas e esperamos que até dezembro elas possam ser entregues. A expectativa é aumentar o número de ambulâncias e atendimentos diários com a chegada nos novos carros", completou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário