segunda-feira, 17 de junho de 2013

Brasília tem taxa de ocupação de 95% da rede hoteleira com a Copa

Estrangeiros, no entanto, reclamaram da falta de guias bilíngues





O japonês Takashi Ono teve dificuldade com a língua nas atrações
O japonês Takashi Ono teve dificuldade com a língua nas atrações


Os turistas que assistiram à abertura da Copa das Confederações, sábado, aproveitaram a estadia para conhecer a capital federal. Mesmo debaixo do sol forte de 26ºC e 45% de umidade do ar, na manhã de ontem, os visitantes, munidos de câmeras fotográficas, marcaram presença nos principais pontos turísticos de Brasília, como a Catedral, o Memorial JK, a Torre de TV e a Praça dos Três Poderes. Nesses locais, dezenas de táxis e ônibus de turismo se amontoavam nos estacionamentos. A estimativa do Ministério do Turismo é de que cerca de 15 mil pessoas tenham passado o fim de semana na cidade. A rede hoteleira local registrou 95% de média de ocupação dos leitos.


Palco do jogo Brasil 3 x 0 Japão, o Estádio Nacional Mané Garrincha parece ter se tornado o novo cartão-postal de Brasília. Mesmo fechado para limpeza, a área externa da arena estava repleta de visitantes que aproveitavam a visita para registrar a magnitude do monumento, na manhã de ontem. Entre eles, o casal paulista Telma Shimozako, 35 anos, e Eduardo Terada, 35. “Mesmo fechado, registramos em foto a arquitetura diferente desse estádio, que é simplesmente incrível”, disse Telma. “A grandiosidade da arena combina com os outros monumentos. Nunca vi nada igual”, opinou Eduardo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário