sexta-feira, 19 de abril de 2013

Governo Agnelo lança programa para incentivar turismo em Brasília



Parceria do GDF com iniciativa privada permitirá que brasileiros conheçam a capital federal a preços mais baixos. Estudantes da rede pública também serão beneficiados

Uma ação do governo Agnelo Queiroz em parceria com a iniciativa privada Viaja Brasil reduzirá o preço dos pacotes turísticos para a capital em cerca de 30%, o que ampliará o número de turistas na cidade.
 
"Podemos oferecer um mercado inesgotável de turismo e queremos proporcionar condições para que as pessoas conheçam a capital de seu país", disse, na manhã desta quinta-feira, o governador Agnelo Queiroz durante solenidade de lançamento do programa no Palácio do Buriti.
 
Por meio de uma plataforma virtual chamada Viaja Brasília, que entrou em funcionamento hoje, serão oferecidos serviços mais mais baratos de  empresas de toda a cadeia produtiva do turismo.
 
Os viajantes poderão encontrar serviços, passeios e pacotes de várias empresas, além de roteiro cívico, arquitetônico e jurídico, para conhecer a capital do país, no site www.viajabrasil.com.br.
 
O chefe do Executivo local também ressaltou a importância de divulgar a capital federal entre os estudantes da rede pública de ensino do DF. "Por isso, vamos colocar em funcionamento, até o fim do mês, um projeto para que as crianças e jovens conheçam os monumentos da região, as obras de Oscar Niemeyer e outros atrativos", disse o governador.
 
Os passeios serão realizados com dois ônibus da Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB), fornecidos para fazer duas viagens por dia com os estudantes.
 
Economia – Com a ampliação do turismo em Brasília, o Governo do Distrito Federal pretende gerar mais emprego e renda. Atualmente, 52 atividades econômicas são beneficiadas com o turismo, entre elas, a hotelaria e o transporte.
 
Participaram da cerimônia de lançamento, a primeira-dama, Ilza Queiroz; os secretários de Educação, Denilson Bento; de Turimo, Luis Otávio Neves; o presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagem, Carlos Alberto de Sá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário