quinta-feira, 4 de abril de 2013

Autoridades esportivas incentivam o GDF a receber delegações olímpicas


Negociações entre Austrália e GDF estão em fase final para que atletas daquele país treinem na cidade, que está confirmada como sede do futebol, antes dos jogos Rio 2016

Brasília (04-04-13) – Aumentaram, hoje, as chances de Brasília receber mais de uma delegação olímpica estrangeira na fase preparatória para os Jogos Rio 2016, evento em que a capital federal está garantida como uma das sedes de algumas das partidas de futebol masculino e feminino da primeira fase da Olimpíada.

Em reunião no Palácio do Buriti, o presidente da Autoridade Pública Olímpica (APO), Márcio Fortes, sugeriu ao governador Agnelo Queiroz que apresente às embaixadas as condições de excelência reunidas em centros esportivos brasilienses.

“Já recebemos a oferta de várias estruturas da cidade para abrigar centros de treinamento antes dos jogos. A cidade poderá receber outras seleções justamente por estar no centro do país, receber brasileiros de todos os cantos e ser uma síntese da cultura brasileira”, afirmou Fortes.
O governador Agnelo lembrou que “a grande maioria das nossas ações para a Copa do Mundo e a Copa das Confederações nos darão a estrutura necessária para as Olimpíadas, com a vantagem de que o VLT, uma obra feita para os brasilienses, será uma infraestrutura a mais para os jogos de 2016”.

O chefe do Executivo brasiliense destacou que a Austrália está praticamente acertada com o GDF a respeito de que seus atletas venham para o Planalto Central nos dias que antecederão as disputas esportivas no Rio daqui a três anos, a fim de se adaptarem ao clima e à cultura brasileiros.

“Já recebemos autoridades australianas interessadas em enviar seus atletas para cá, com o objetivo de se adaptar à cultura e ao clima brasileiros. Estamos em fase de conclusão das negociações para a vinda”, afirmou o governador Agnelo Queiroz. Nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, o país da Oceania ficou entre os dez melhores colocados no quadro de medalhas, com 35 conquistas.

No encontro, o governador apresentou todas as garantias de que a capital atenderá sem dificuldade os altos padrões exigidos pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), as partidas da primeira fase do esporte que é preferência nacional.
“O futebol, uma das modalidades mais populares dos jogos, dará visibilidade internacional para a capital, atrairá mais investimentos e ajudará Brasília a se firmar como um dos principais centros econômicos e culturais mundiais”, afirmou o governador.

Antes da reunião, o grupo visitou o Estádio Nacional de Brasília e o Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek. “Todos os investimentos necessários já estão sendo feitos. Brasília mostrará para o mundo a bela capital que o Brasil possui”, observou Márcio Fortes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário